5th Jan 2010

  1. Sign in
    1. Foto de Susana Loff Fonseca Flexeiras- Ceará - Brasil Ficamos encantados com esta árvore que dá cabaças, que em Cabo Verde chamamos Buli, no sotavento e Bli nas ilhas de Barlavento. Na ilha do Fogo nunca as vi tão grandes nem tão redondas. São dum feitio elegante com a parte superior mais fina tornado-se mais larga na parte de baixo. È muito usada com utensilios domésticos, serve para guardar o leite, para bater as natas no fabrico da manteiga, e cortadas ao meio de alto a baixo serve de canecas para beber água tomando o nome de Carman. No Alentejo há algo parecido, a Haydee irá explicar. Existiam grandes cabaças arredondas que serviam para guardar semente até frutos, tomavam o nome de banganha. Creio que vinham da Guiné, nunca as vi em Cabo Verde. Tirei da Net: A árvore que dá cabaça, está com mais ou menos 3 metros de altura no jardim do Hotel Fazenda Mato Grosso - Cuiabá - Mato Grosso - MT - Brazil Twitter ÁRVORE-DE-CUIA, CABAÇA, CABACEIRA, CABACEIRO, COITÉ - Existente na Toca da Gula (D. Mercedes) Nativa do Brasil, a árvore-de-cuia (ou cabaça, cabaceira, cabaceiro, coité) é cultivada como medicinal e como ornamental, pela boa madeira, embora apodreça facilmente na umidade, e especialmente pelo fruto, a cuia, de que se fazem objetos de uso doméstico, como recipientes e vasilhas (ou cuias) e instrumentos musicais, como o agüê. Fonte: Dicionário Eletrônico Houaiss. Nada de subir na árvores, amelia

More from 40_amelia

  1. 740_amelia
  2. 940_amelia
  3. 840_amelia
  4. 740_amelia
  5. 2440_amelia
  6. 1540_amelia
  7. 1040_amelia
  8. 140_amelia
  9. 1640_amelia
  10. 1340_amelia
  11. 2740_amelia
  12. 2040_amelia
  13. 440_amelia
  14. 340_amelia
  15. 240_amelia
  16. 140_amelia
  17. 3140_amelia
  18. 3040_amelia
  19. 2940_amelia
  20. 2840_amelia
  21. 2740_amelia
  22. 2640_amelia
  23. 2540_amelia