27th Nov 2012

  1. Sign in
    1. Um Tribunal de São Petersburgo rejeitou na última quinta-feira (22) nove demandas para a indenização por danos morais no valor total de 333 milhões de rublos (cerca de US$ 11 milhões) apresentadas, em meados de agosto passado, por ativistas de organizações sociais contra a cantora Madonna pela promoção do homossexualismo em um de seus concertos em São Petersburgo. O Tribunal condenou os autores a pagar as custas processuais.

      Em sua página no Facebok, a cantora havia dito que considerava absurda a lei antigay aprovada pela assembleia legislativa da cidade. Já no show, Madonna pediu ao público para apoiar o movimento LGBT, colocando no pulso da mão uma pulseira cor de rosa distribuída por ativistas do orgulho gay.

      Como resultado, ativistas de algumas organizações sociais de São Petersburgo entraram na justiça com uma ação contra a cantora, os organizadores do concerto, a empresa estatal Pavilhão de Esportes de São Petersburgo e a Planeta Plus S/A.

      No entanto, nem Madonna nem seus mandatários compareceram ao Tribunal, apesar de a intimação ter sido enviada para o seu endereço em Nova York.

      Os outros questionados, entretanto, compareceram ao tribunal e disseram que a Planeta Plus, como entidade comercial, fechara um contrato com os promotores americanos de Madonna e se comprometera a tratar a parte técnica do concerto sem mexer com seus detalhes artísticos nem ideológicos, segundo informou a agência Rapsi.

More from biographymadonna

  1. 25biographymadonna
  2. 20biographymadonna
  3. 14biographymadonna
  4. 11biographymadonna
  5. 6biographymadonna
  6. 1biographymadonna
  7. 30biographymadonna
  8. 29biographymadonna
  9. 28biographymadonna
  10. 25biographymadonna
  11. 25biographymadonna
  12. 23biographymadonna
  13. 21biographymadonna
  14. 20biographymadonna
  15. 19biographymadonna
  16. 18biographymadonna
  17. 17biographymadonna
  18. 16biographymadonna
  19. 15biographymadonna
  20. 12biographymadonna