17th Sep 2008

  1. Sign in
    1. "Ela chega assim, de mansinho trazendo no ar um cheiro de vento trazendo no vento um gosto de flor Ela sempre chega assim, devagarinho com claves, sustenidos, violinos, oboés, flautas, cordas vocais e, como mutante, já não é como chegou vai se mostrando como moça bonita. vai alternando como ecos em montanhas vai chegando em ária, em profusão, como areia do mar, em arte, em allegro ela chega assim, como nuvem de clarins no éter, suave pluma que silencia lábios, que acaricia o ser, que alicia ouvidos chega quando o sol se vai, durante o amarelo do dia, chega na cidade, no palco, na noite, na matinha, na rua, na matina, conforta, preenche, transcende, assim é a divina música, assim é a música divina." (Yara Lima Oliveira, nossa amiga do Indiazen)

More from laranja_mecanika

  1. 9laranja_mecanika
  2. 12laranja_mecanika
  3. 12laranja_mecanika
  4. 12laranja_mecanika
  5. 7laranja_mecanika
  6. 4laranja_mecanika
  7. 30laranja_mecanika
  8. 28laranja_mecanika
  9. 7laranja_mecanika
  10. 6laranja_mecanika
  11. 5laranja_mecanika
  12. 4laranja_mecanika
  13. 12laranja_mecanika
  14. 11laranja_mecanika
  15. 5laranja_mecanika
  16. 25laranja_mecanika
  17. 15laranja_mecanika
  18. 13laranja_mecanika
  19. 12laranja_mecanika