6th Mar 2004

  1. Sign in
    1. Texto escrito por Baba Olujobi

      Hoje Nós Vamos Nos Transportar Para Um Tempo Imemorial E Conhecer O Habitat De Força Que Gerou Nana E Conhecer Os Espíritos Sagrados Que Habitam Os Pântanos. No Tempo Em Que Os "Ikú Mon J`òrò`s" Governavam A Terra, Ela Era Fria E Sombria E Dominada Por Estranhas Plantas , Estranhos Pássáros E Animais
      A Terra Um Grande Pantâno Sem Fim , Ali Reinava "Ikú Mon J`oro "
      Ou " Ikú Mon J`óró Ágba" , Senhor Dos Pantânos ,Dos Bréjos , Dos Lagos E Dos Espíritos Do Ikón Que Alí Gritavam Chamando A Chuva Da Morte , Neste Tempo "Ikú Mon J`óró " Era Um Espírito Perigoso , Apareceu Na Terra Dos Pântanos Trazido Pela Escuridão Da Grande Trovoada , " Ójijá " , Essa Tempestade , Mergulhou A Terra Numa Grande Tréva Sem Fim , Foi Nesse Tempo, Tempo Dos Sem Fim , Que Nasceu Nanã , A Dona Da Lama ;Água E Morte Existem Em Suas Entranhas . Após A Morte De Seu Pai ,"Ikú Món J`óró " , Ela Retornou Ao Poço Do Grande Pantâno Para Absorver A Força Dele E De Todos Os Espíritos Sagrados Que Alí Ficaram Encarnados , Eles Eram " Dikúndes" , Espíritos Da Morte , Que Viviam Com A Tempestade E Ficaram Presos No Grande Pantâno ; Eles Se Alimentavam De Ontó - A Rã E De Owíwí - A Coruja E Comiam A Cabeça De Um Pássaro Preto E Branco Que Alimentava A Morte .Esta Ave "Iyéiyé Ikú " E A Rã-Ontó Kun Tinham O Poder De Chamar A Chuva Da Vida E A Chuva Da Morte , Foi Nanã Que Determinou A Orú-Moringa De Barro , Que Ali Prendese Ontó - A Rã Ou Owíwí -A Coruja , Para Que Cantassem Chamando A Chuva , Nesse Canto , A Vóz Da Rã Atraía "Komunkã", Ele Era Um Espírito Que Misturava A Água Com O Barro , Gerando A Lama, Ikú Món J `Óró E Nãn`dáboká - " Auqela Que Foi Gerada Por Uma Cobra D` Água " Tiveram Uma Filha Chamada "Nanã Burú Ikú " , " Aquela Que Nesceu ,Para Gerar Ikú", A Morte E Ela Foi Saudada : " Salubá Kúlosá - Salubá Kulosá - Ójó Nã Bawô " .Quando Voltou Dos Pantânos Nanã Foi Louvada " Iyalode Irú Kú " " A Mãe Dos Espíritos Sagrados Da Morte " , Seu Óríkí Diz : "Ikú Ijúkúm , Vivemos Para A Morte , A Morte Não Espera Ninguém Por Isso , Nanã Não Vem No Juntó . Um Itón Revela Que Ela Nasceu Das Entranhas Dos Vinte E Um Espíritos - Orú Que Formanm O Ibírí, São Espíritos "Orú Ikún . Os Mais Perigosos São "Orú Ikú Jóló ", Que Fazem Parte Do Fundamento Posunkó E Posiyián ".
      Orú Ikú Otodi E Orú Ikun Arowú , Este Último Encaminha A Pessoa Da Doença Para A Morte , E Finalmente Orú Ikún Ontó , Esses São Espíritos Ikún , Que Governam Os Caminhos Percorridos Pela Morte - Ikú, Diz Iton Que Ikú Foi Arrancado Do Ventre De Nanã Pelas " Iya Min ", As Feiticeiras Do Pássaros Ibeyín , Ikú Nasceu Ele É Um Irún Molé Do Lado Esquerdo Ou Seja , Um Eborá Que Trás Os Segredos De Ikú Món J`óró, , Pai De Nanã . Ikú Não Permite Que Nanã Venha "No Juntó", Ele Foi Arrancado Antes Do Tempo Do Ventre De Nanã Provocando Dor , O Ilá De Nanã Não É Feito Em Pé É Feito No Chão Para Apaziguar Ikú-A Morte,Como Também Não Existe Para O "Juntó " Segundo Santo , Ósúmáré E Osáyín,Estes Orixás Não Fazem "Juntó" , Por Fundamentos Ligados Aos Espíritos , No Caso De Osayín Pelo Espírito Que Compoê A "Sasanha" Ou "Sasayín ". Houve Um Tempo Em Que Todos Os Orixás , Prometeram Uma Coisa A Lama Que Chora , Deram Cabras Galinhas ,Pombos Etc ... , A Lama No Entanto , Começa A Endurecer , Nanã Então Ofereceu Seu Próprio Filho Ikú , Ikú Então Se Transformou Numa Rã -Ontó , Entrou Dentro Da Moringa De Nanã E Voz Da Rã Cantou Chamando A Chuva, Quando Se Faz O Fundamento Que Se Origina Nanã Esta Vai Para A Lama , Salpica-Se O Seu Assentamento De Lama , Somente Nanã Virada Pode Conduzir Seu Assento . É Feito Uma Casa Para Nanã , Que Têm -Se O Nome De "Ibodí" , Isáokún, Ilê Isinyn E Ilê Ibô Okún. Quando Se Raspa Nanã A Voz Da Rã-Ontó , Dentro Da Moringa Chama A Chuva: "Akerún Fí`k`ojó, Ahun, Ahú, Ahun Fí`k`ojó , Fí`k`ójó-Fí`k`ojó Fá Fí`k`ójó". Quando Mexe-Se Com Tamanho Fundamento De Nana, Isto Implica Não Somente Em Raspá-La, A Vóz Da Rã, Na Lama Ou Na Moringa,Canta Chamando Ikú -A Morte. Quando A Lama Endurece, Ikú Món J`oró Pode Aparecer E Reclamar A Feitura De Nana Na Cabeça Daquela Pessoa, Quando Termina-Se De Raspar Nana E Começa-Se Este Fundamento De Asé Com Espíritos Sagrados, Daquele Habitat De Força, Atióró, O Pássaro De Ikú Voa Afastando-Se Dela, Ele Voa Contente E Volta A Pousar Novamente Em Seu Ombro, No Término Da Feitura De Nana, Ela Encosta Sua Boca Na Moringa De Barro E Adverte: "Ikú Isaan-Ikú Isaan". Ikú Diz Que Na Morte De Uma Pessoa Fala-Se:"Odi Pere-Odi, Orínmá Kù Adí Okún Awan". Não Se Faz Nana No "Juntó" Para Você Não Provocar Um Contra-Asé Em Cima De Ikú E Para Que Você Não Seja Perseguido Por Ikú Món J`oró, Como Não Se Faz Nana Na Cabeça De Homem, Porque Ògún Ao Derrubar Nana Na Lama Provocou A Ira De Ikú. Ògún É Um Imónlé Que Está Sempre Voltado Para A Luta, Para A Guerra .
    2. Muito bonita a foto... E muito legal sua disposição para explicar um pouco mais de nossa cultura. É incrível como temos idéias distorcidas.
    3. Bacanésimo!!! Vc sempre arrasa, em textos seus e de outrem. Besos...Axé
    4. xoxoooooo keridoooo! hehehehhehehehe, assim amore...eu toh morrendo de preguiça de ler issu, mais td bem, fika pra prox tah? t dolo

More from oxossi

  1. 20oxossi
  2. 22oxossi
  3. 15oxossi
  4. 4oxossi
  5. 3oxossi
  6. 3oxossi
  7. 30oxossi
  8. 25oxossi
  9. 20oxossi
  10. 19oxossi
  11. 16oxossi
  12. 13oxossi
  13. 2oxossi
  14. 26oxossi
  15. 25oxossi
  16. 20oxossi
  17. 19oxossi
  18. 18oxossi
  19. 17oxossi
  20. 16oxossi
  21. 12oxossi
  22. 9oxossi
  23. 4oxossi