15th Mar 2009

  1. Sign in
    1. -BIOGRAFIA-

      Brandon Bruce Lee nasceu no dia 01 de fevereiro de 1965 em Oakland, California. Filho do grande ator e lutador de artes marciais Bruce Lee, começou a aprender os primeiros passos dessa luta desde cedo com seu pai que o ensinava, com apenas dois anos de idade, a dar pequenos chutes. Aos 6 anos, já participava de competições e era capaz de quebrar pesadas placas de madeira com os pequeninos pezinhos. Infelizmente, perdeu seu pai muito cedo, aos 9 anos de idade, vitimado por um edema cerebral em 20 de julho de 1973. Bruce foi o primeiro lutador a trazer o conhecimento do Kung-Fu para o ocidente. A família Lee morava em Hong Kong na época da morte de Bruce. Depois disso, a viúva Linda Lee retornou para os Estados Unidos com seu filho Brandon e sua filha Shannon, com apenas 4 anos.

      Teve uma infância um pouco complicada após a morte do seu pai, pois, além de todo o trauma, ainda teve que ouvir os rumores de que seu pai teria morrido por overdose. Arrumava briga na escola por causa disso e foi expulso de dois colégios quando pequeno e uma terceira vez na adolescência.

      Desde criança, demonstrava vontade de seguir a carreira do pai e se tornar um grande ator; inicialmente através das artes marciais, mas, seu grande sonho era atuar sem estar diretamente ligado ao oriente. Puramente atuar.

      Levou adiante seu desejo e começou a estudar teatro. Porém, por ser filho de um grande ator, já era de se esperar que um grande peso caísse sobre as costas de Brandon, que era constantemente criticado por não ser como seu pai. Mas Brandon lutou para não ter sua imagem filiada à de Bruce e criar um estilo próprio: "Não quero e nem posso ser como meu pai, admiro muito seu trabalho, mas eu e ele somos pessoas completamente diferentes" dizia. Dizia brincando que gostaria de interpretar Hamlet, porém, as únicas portas que se abriram foram para atuar em filmes de artes marciais, como seu pai.

      Em 1985, consegui um papel em um filme feito para a TV chamado 'Kung Fu: O Filme' co-estrelado por David Carradine. Seu primeiro papel importante foi no filme 'Legacy of Race' em 1986.

      Atuou em seis filmes de ação, predominantemente violentos e quase sempre ligados as artes marciais. Sabia que um dia realizaria seu sonho e, apesar de estar feliz com o começo da sua carreira, queria muito mais. Entre seus filmes estão 'Massacre no Bairro Japonês', 'Rajada de Fogo', etc..

      Quando recebeu a proposta para ser o protagonista do filme "O Corvo" sabia que sua chance finalmente teria chegado. Leu tudo sobre seu personagem. Livros, HQ\'s, revistas e a medida que ia conhecendo mais sobre o personagem, mais ia se interessando, chegando ao ponto de ajudar no roteiro do filme, dando idéias e passou a administrar as coreografias do filme com a intenção de melhorá-lo. Em uma das últimas entrevistas, Brandon expressou todo o seu contentamento com o personagem dizendo: "Não sei se estava predestinado a fazer este papel, mas estou muito feliz e honrado em fazê-lo".

      Sua vida pessoal também ia muito bem. Noivo da sua antiga namorada Eliza Hutton, pretendia se casar no dia 17 de abril, duas semanas após o termino das filmagens.

      No convite, colocou a seguinte frase do livro 'The Sheltering Sky' de Paul Bowle: "Por não sabermos quando iremos morrer, nós temos que pensar na vida como um inexaustivo bem...".

      Após o acidente que pôs fim a sua intensa vida, Brandon foi enterrado em um túmulo ao lado do de seu pai no Cemitério Lakeview em Seattle, Washington, próximo ao Museu Asiático de Seattle.

      Após sua morte, várias vezes foi considerada a opção de arquivar o filme "O Corvo" para nunca ser exibido. Mas, devido à brilhante atuação de Brandon no filme, Alex Proyas e Edward R. Pressman (diretor e produtor do filme respectivamente) decidiram acabar as cenas que faltavam com o auxílio de dublês e efeitos especiais. Alex Proyas decidiu publicar o filme e pediu que fossem assistí-lo, não devido à morte de Brandon, mas para ver a grande obra que ele fez com sua profunda interpretação no filme. Proyas também dedicou o filme para Brandon e sua noiva Eliza.

      Até hoje, anos depois de sua partida, Brandon ainda é lembrado com carinho pelos amigos, familiares e pessoas que, mesmo anônimas e sem tê-lo conhecido-o pessoalmente, continuam admirando-o e pensando nele com muito carinho.


      Agradecemos pela preferencia!!!


      - Mila - http://www.fotolog.com/miladeppsandler

More from womans_club

  1. 26womans_club
  2. 25womans_club
  3. 24womans_club
  4. 23womans_club
  5. 22womans_club
  6. 21womans_club
  7. 20womans_club
  8. 19womans_club
  9. 23womans_club
  10. 22womans_club
  11. 21womans_club
  12. 20womans_club
  13. 14womans_club
  14. 13womans_club
  15. 12womans_club
  16. 11womans_club
  17. 10womans_club
  18. 9womans_club
  19. 8womans_club
  20. 7womans_club
  21. 6womans_club
  22. 5womans_club
  23. 4womans_club